e21 é destaque no portal de notícias Economia SC

A e21 é destaque no portal de notícias Economia SC. Na matéria, o diretor-presidente, Luciano Vignoli, comenta sobre os desafios que a pandemia trouxe à agência, além de explicar sobre os novos rumos da comunicação e como a estratégia é peça chave para criar cases de sucesso. Confira abaixo a matéria na íntegra:

“Comunicação ganhou um novo significado e cada vez mais estratégico”, avalia especialista

Durante esse ano de pandemia, muito se falou em adaptação e como esse processo garantiu a sobrevivência de empresas em período de lockdown. Dentre os setores que passaram por mudanças nesse período de quarentena, está a comunicação.

Segundo Luciano Vignoli, diretor-presidente da e21, empresa de multicomunicação, o setor ganhou um novo significado, se tornando cada vez mais estratégico para as empresas: 

“A comunicação, nesses tempos em que estamos fisicamente separados, tem o poder de unir. Não há investimento que vai transformar o seu negócio como um projeto de comunicação bem-feito. É um espiral positivo para os negócios, porque trata de gerar uma reputação para a empresa. Não há nenhum investimento que se compare a isso”.

Em 36 anos de empresa, essa não foi a primeira vez que a agência passou por transformações, mas a forma repentina foi inédita.

Em 48h, os 50 funcionários precisaram ir para suas casas, levando os equipamentos para trabalhar em modo remoto.

E, mais do que isso, os clientes não sabiam como ou se iam continuar com os negócios. Apesar do susto, a empresa conseguiu se adaptar ao modo remoto. 

“Graças a colaboração do time, conseguimos manter o processo. Isso também acelerou a aproximação com os clientes, todos compartilhando o espírito de “estamos juntos”. Passamos a entender o que poderia fazer a diferença em comunicação para empresas em tempos de pandemia. As relações digitais explodiram em todos os sentidos: Lives, webinars, educação a distância digital, comunicação one-to-one; réguas de relacionamento via ferramentas de estruturação de CRM; Inteligência Artificial, algoritmos, e-commerce, consumos de conteúdo digital. Acabaram surgindo várias oportunidades para nós”, compartilha o empresário.

Após um ano do decreto de pandemia pela Organização Mundial de Saúde, os aprendizados da transformação preparam a empresa para uma nova etapa. 

“A vida não parou. Temos um ponto dramático e trágico nessa construção, mas o fato de o ser humano se adaptar mostra que a vida não parou e que isso nos traz algumas oportunidades. Passamos por um processo de reflexão estratégica e a próxima fronteira é ampliar nossa oferta, muito além da comunicação”, destaca. 

Ele explica que os planos da e21 incluem a elaboração de treinamentos gamificados com pílulas de conteúdo. Conforme o jogador for passando de fase, pode ganhar um prêmio ou passar por um processo de treinamento. 

“A agência de propaganda era uma casa de artesãos. Hoje, é uma fábrica de artesanato. Precisa ter processos, formatações. Trabalhávamos muito com base nos nossos sentimentos, insights, criatividade. Tivemos que formatar todo um processo baseado em dados e uma cultura de produtividade clara e metrificação de tudo que fazemos. Isso transformou as agências”, conclui o diretor.

 

via https://www.economiasc.com